Articulação do deputado Rosemberg garante recursos para beneficiamento do cacau e chocolate no Litoral Sul

Articulação do deputado Rosemberg garante recursos para beneficiamento do cacau e chocolate no Litoral Sul

- EmPolítica
99
0

A Cooperativa da Agricultura Familiar e Economia Solidária da Bacia do Rio Salgado e Adjacências (Coopfesba), mantedora da marca Bahia Cacau, firmou convênio para qualificação com valor de R$ 862 mil, na última terça-feira (1º), junto ao Governo do Estado, via o Programa Bahia Produtiva. “Sei da luta que nós tivemos para que este convênio fosse assinado e garantir que a Bahia Cacau com a agricultura familiar produza um chocolate de primeira qualidade”, destacou deputado estadual Rosemberg Pinto (PT).

Autorização do convênio do Programa Bahia Produtiva com a Coopfesba, 20/10/2017 Foto Ascom

Conforme o presidente da Coopfesba, Osaná Nascimento, os recursos deste convênio serão úteis para otimizar a produção das amêndoas de cacau e a distribuição da produção de chocolate. Com a aquisição de um veículo refrigerado que vai fazer roteiro de distribuição no estado, capacitação e aceso ao mercado dos produtos do cacau, além da entrega de 200 mil mudas e kit’s tecnológicos para os cacauicultores da agricultura familiar.

“Agradeço o empenho do deputado Rosemberg, que sempre esteve com a gente neste processo de expansão e consolidação, junto ao Governo do Estado, desde a época de Jaques Wagner e hoje com Rui Costa”, declarou Nascimento.

Os produtos da Bahia Cacau já são comercializados na Bahia e em estados das regiões sul, sudeste e centro-oeste. Visando a expansão para o mundo, a fábrica vai expôr no 10º Festival Internacional do Chocolate e Cacau – Bahia (Chocolat) que ocorra em Ilhéus de 18 a 22 de julho, pois a Coopfesba e a Bahia Cacau com o estímulo estatal “tiveram uma retomada com maior fôlego e envergadura de atendimento e distribuição”, afirmou Nascimento.

História: A primeira fábrica de chocolate da agricultura familiar do Brasil, a Bahia Cacau, foi reinaugurada em 2010, pelo então governador Jaques Wagner com investimento inicial de R$ 1,5 milhão, beneficia 300 famílias de pequenos produtores de cacau do município e de cidades do entorno, como Coaraci, Buerarema, Itajuípe, Uruçuca e Floresta Azul.

Em 2018, a gestão Rui Costa investiu R$ 380 mil e inaugurou uma loja própria da Bahia Cacau; além de comprar uma máquina embaladora, modernizar o sistema elétrico da fábrica, instalação de câmeras de segurança e pintura do prédio.

A Cooperativa da Agricultura Familiar e Economia Solidária da Bacia do Rio Salgado e Adjacências (Coopfesba) assiste a mais de 300 famílias de produtores de cacau vinculados à agricultura familiar nos municípios de Ibicaraí, Coaraci, Buerarema, Itajuípe, Uruçuca e Floresta Azul.

Facebook comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *