Vereadores e secretária de Saúde abordam ações e medidas de prevenção e combate ao Coronavírus no município

Vereadores e secretária de Saúde abordam ações e medidas de prevenção e combate ao Coronavírus no município

- EmSimões Filho
Share Button

Em sessão ordinária na manhã de terça-feira, 5, a Câmara abriu espaço do plenário do Legislativo onde os vereadores e a secretária de Saúde, Iridan Brasileiro, abordaram e discutiram o momento de pandemia do Coronavírus (Covid-19) na cidade.

A iniciativa de abrir espaço durante o expediente da sessão com foco em discutir os problemas relacionados ao Covid-19 e os cuidados na prevenção ao novo vírus foi apresentada pelo vereador Eri Costa (MDB) na 41ª Sessão Ordinária presencial e remota, como sugestão ao presidente da Câmara, vereador Orlando de Amadeu (PSDB).

As ações preventivas e possíveis consequências causadas pelo Coronavírus na cidade foram pauta da discussão durante a sessão desta terça. Na oportunidade, a secretária de Saúde, Iridan Brasileiro, que é enfermeira por formação, apresentou um panorama do vírus na cidade e enfatizou e ressaltou as ações e as medidas necessárias previstas desenvolvidas pela pasta voltadas ao combate e enfrentamento do Covid-19 no município, a exemplo da criação do Covidário, uma espécie de hospital de campanha, além da compra de equipamentos, medicamentos e insumos, e o que poderá incrementar em sua pasta para atravessar o momento de pandemia.

Medidas antecipadas

No que tange as ações de enfrentamento ao Coronavírus, a titular da pasta da Saúde informou que ainda no final de janeiro de 2020, quando foi registrado o primeiro caso no Brasil, o município tomou como medida inicial a capacitação da rede de atenção à saúde, com o apoio de um médico infectologista que auxiliou na construção de planejamento das ações desenvolvidas pela secretaria a partir deste momento, uma que, segundo a secretária, o Coronavírus é danoso e tem alta letalidade que pode sobrecarregar o atual sistema de saúde.

“Nós nos antecipamos porque entendemos que é um momento novo, é um vírus desconhecido e extremamente agressivo que tem um poder de disseminação e contágio muito grande. Então, naquele momento, chamamos a atenção básica, a vigilância, a nossa UPA, o Hospital Municipal e os nossos ambulatórios e todos os profissionais, inclusive, os agentes de saúde participaram deste momento, de começar a conhecer o vírus, como lidar com ele e quais são as ações efetivas que protegem a população simõesfilhense de adoecimento por Covid-19. A partir daí, a gente montou um grupo de trabalho multiprofissional composto por médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, nutricionistas e todo o corpo da saúde para discutir o plano de contingência”, lembrou.

Barreiras Sanitárias

Durante este período, de acordo com a secretária, as equipes de vigilância sanitária têm intensificado constantemente e diariamente as ações de barreiras sanitárias com a higienização e o monitoramento dos pontos de ônibus e outros pontos estratégicos da cidade, além de toda a orientação repassada à população sobre a importância da lavagem frequente das mãos com água e sabão, o uso de álcool em gel 70% e uso e descarte de máscaras e luvas.

EPI’s

De acordo com a titular da pasta da Saúde, o Executivo, por meio da secretaria, fez a aquisição de Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s) destinados para os profissionais de saúde e também para à população, em conformidade com os protocolos estabelecidos pelo Ministério da Saúde e as recomendações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Iridan reforçou que o município segue a linha de outras cidades que vêm obrigando cidadãos a usarem máscaras.

“A gente tem entregado máscaras para os profissionais de saúde e para a população para se protegerem ao sair de casa, orientando realmente sobre o distanciamento social, que é uma medida extremamente importante e efetiva no enfrentamento e combate do Coronavírus”, salientou.

Medicamentos

No que se refere ao uso de medicamentos para o tratamento contra o Coronavírus, a secretária informou que, de acordo com o protocolo definido pelo Ministério da Saúde, ainda não há terapias medicamentosas evidenciadas e cientificamente comprovadas, mas algumas delas estão em fase de estudo, a exemplo da Hidroxicloroquina, entre outras que estão sendo usadas como teste pelos hospitais públicos do Estado, autorizados pelo MS para a aplicação em pesquisa em situações de pacientes com maior gravidade.

Testes rápidos

Outro assunto destacado foi a disponibilidade de oferta de testes rápidos às pessoas que apresentam sintomas para se diagnosticar a doença.

“Temos testes rápidos disponíveis para os nossos profissionais de saúde. A recomendação é que quem apresentou sintomas, deve se afastar por sete dias, retomar no sétimo dia e, a partir dai, é feita a conduta. Este cuidado nós estamos tendo”, reiterou.

Unidades de Retaguarda

Durante a apresentação, a secretária explanou que, de acordo com o plano de contingência, foi instituído leitos de retaguarda tanto no Hospital Municipal, quanto nas Unidades de Pronto Atendimento (UPA) para o atendimento de pacientes na assistência de média e alta complexidade, desde o acolhimento até a entrada com orientação, conforme os protocolos do Ministério da Saúde e da Organização Mundial de Saúde (OMS).

Ainda de acordo com a secretária, há atualmente no município 20 leitos clínicos de retaguarda com ventiladores mecânicos, sendo 5 instalados no Hospital Municipal e os demais nas UPA’s, disponíveis para o atendimento dos pacientes com casos do Covid-19.

“Criamos a unidade de retaguarda, que hoje, dispõe de 20 leitos clínicos, mas o prefeito, por entender a necessidade do sistema de saúde por conta do Covid-19 pensou além, pois os leitos são clínicos e nós somos obrigados a ter mais respiradores do que o que já temos. Temos hoje 11 respiradores no Hospital Municipal e na Unidade de Pronto-Atendimento, mas precisamos adquirir mais porque se o sistema estadual não der conta de atender os nossos pacientes com gravidade, o município vai estar pronto para recebê-los. Dessa forma, foi planejado e dessa forma está sendo executado”, informou.

Demais ações

A secretaria tem desenvolvido ações diretas com a população nas ruas e nas redes de atendimento com capacitação das equipes formadas por profissionais de saúde, bem como as intervenções de biossegurança como medidas essenciais para o enfrentamento do vírus.

O desafio, segundo a secretária, é fazer bom uso dos recursos e resguardar o grupo que pode desenvolver a versão aguda da doença: idosos e pessoas com doenças crônicas. Uma das preocupações levantadas pelo Comitê Intersetorial de Crise formado pelos Conselhos da Cidade que discute o combate à pandemia de Coronavírus é a necessidade de recursos para garantir um bom atendimento nos sistemas de saúde.

As devidas medidas anunciadas recentemente pelo Executivo, de acordo com os decretos municipais, foram o fechamento de academias, bares, lojas, restaurantes, casas de show, igrejas, entre outros estabelecimentos, além da suspensão de aulas nas escolas da rede pública e privada do município.

Discussão

Na mesma sessão, alguns vereadores fizeram intervenções na presença da secretária que prestou informações importantes sobre as ações de combate à pandemia na cidade.

Em sua intervenção, o presidente da Casa, Orlando de Amadeu (PSDB), questionou a secretária referente ao estoque de EPI’s, como álcool em gel 70%, álcool líquido, máscaras, luvas, entre para os profissionais de saúde, bem como para a população como parte das medidas de prevenção e de segurança contra o Covid-19.

De acordo com a secretária, foi realizada em caráter emergencial a aquisição de itens como máscaras, álcool em gel 70% e luvas como elementos ligados aos EPI’s no sentido de reforçar os cuidados de saúde e sanitários diante da perspectiva de aumento da curva do crescimento do Covid-19.

“Nós estamos na semana 20 do vírus epidemiologicamente falando e a perspectiva é que a partir da semana 22 nós tenhamos um pico bastante elevado de adoecimento por Covid. A gente está distribuindo máscaras, mas a gente tem conseguido com muita dificuldade e não deixamos em nenhum momento que esses itens faltassem. A gente está abastecendo a rede e, diariamente, buscando junto aos fornecedores da secretaria de Saúde a aquisição desses insumos. Hoje, no almoxarifado, nós temos álcool em gel 70%, máscaras e todos os outros itens que estão diretamente relacionados a questão do enfrentamento do Covid-19”, disse.

Durante o momento de discussão, outros vereadores também se manifestaram sobre as informações prestadas pela secretária que anunciou as devidas medidas adotadas de prevenção e combate contra o Covid-19.

Iridan ainda agradeceu toda atenção dada aos vereadores e parabenizou os envolvidos no combate ao Coronavírus e destacou a importância deste encontro, ressaltando que é preciso ampliar o alcance da informação correta sobre o Covid-19. “Num momento delicado como esse, precisamos nos unir e tudo o que está sendo feito, é pensando no bem-estar e saúde de cada munícipe”, completou.

Durante a crise causada pela pandemia do Covid-19, o mandatário do Legislativo tem declarado por reiteradas vezes que é preciso deixar de lado as diferenças políticas e partidárias tem defendido que o bom senso entre os parlamentares deve prevalecer para promover a união no combate do vírus diante deste momento de pandemia.

Os demais edis, a exemplo do vereador Del (PSC), também compartilhou da mesma opinião por ser um momento difícil que vem afetando famílias.

Orientações

A secretária enfatizou a necessidade da população manter-se em isolamento social, bem como o procedimento correto que os munícipes devem seguir, caso apresentem sintomas e suspeitas de infecção do Coronavírus.

“Eu tenho visto que a população, em sua grande maioria, tem contribuído muito nesse processo de enfrentamento, tem entendido o papel também do poder público e tem nos ajudado nessa construção e a gente agradece imensamente a cada cidadão simõesfilhense e a todos os nossos profissionais de saúde e a cada um de vocês, vereadores, que têm contribuído de uma forma ímpar para a construção do enfrentamento desse vírus tão danoso e tão letal à saúde da população”, afirmou a secretária, que vivencia uma situação de crise na saúde pública, nunca antes vista em toda sua experiência de vida profissional.

“Tenho 22 anos trabalhando no SUS e eu nunca passei por um momento como esse de pandemia. O que estamos passando é algo novo, mas é possível sim de ser superado, pois depende de cada um de nós, depende muito da população simõesflhense, porque são medidas preventivas, pois quanto menos adoecimento tivermos na população, menos risco dessas pessoas migrarem para as unidades de urgência e emergência e menos risco dessas pessoas precisarem de respiração mecânica e tratamento intensivo e menos risco de morte”, disse.

Casos

Simões Filho registra, até o momento, 20 casos confirmados para Covid-19, sendo 14 recuperados, 7 casos suspeitos e 120 casos descartados, de acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Prefeitura que, através da pasta da Saúde, tem realizado o mapeamento, monitoramento e investigação dos casos testados.

“Hoje, nós temos confirmados 20 casos. Graças a Deus, ao longo desse processo, não houve nenhuma morte por Covid-19 em Simões Filho e, se compararmos Simões Filho com a Região Metropolitana e Salvador, as ações e medidas tomadas pela secretaria de Saúde e pelo poder público tem sido bastante efetivas, haja visto que os municípios vizinhos têm um número muito maior de casos confirmados de adoecimento. A gente percebe que esse é um parâmetro e o nosso boletim epidemiológico tem mostrado isso, se comparado aos demais. As medidas que adotamos estão sendo efetivas”, ressaltou Iridan.

Utilidade Pública

No surgimento de sintomas respiratórios intensos, a exemplo de febre, tosse, dificuldade de respirar, o munícipe deve buscar imediatamente atendimento nas unidades de urgência e emergência. É importante destacar que os postos e unidades de saúde estão trabalhando em regime de plantão para atender a população dentro das regras de prevenção e de segurança contra a Coronavírus.

Fonte: ASCOM CMSF

 

Facebook comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *