Secretário de Saúde da Bahia diz que Anvisa passa por esquizofrenia ao não liberar Sputnik V

Secretário de Saúde da Bahia diz que Anvisa passa por esquizofrenia ao não liberar Sputnik V

- EmBahia
Share Button

“A posição da Anvisa é desconectada da realidade. Isso, em medicina, se chama esquizofrenia”

secretariosdsfaDepois de uma reunião sem sucesso entre governadores e a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), o secretário de Saúde da Bahia Fábio Vilas-Boas disse que a agência sofre processo de esquizofrenia ao não liberar a importação da vacina Sputnik V.

“A posição da Anvisa é desconectada da realidade. Isso, em medicina, se chama esquizofrenia. Existe uma lei dizendo que basta a vacina ser aprovada em uma lista de Anvisas internacionais, autoridades regulatórias de outros países. Se está aprovada a Sputnik ou qualquer outra vacina na Rússia, na China, na Argentina, na Europa, a Anvisa tem sete dias para autorizar a importação. Estamos falando de uma lei excepcional”, disse o secretário ao Jornal da Manhã, da TV Bahia, nesta quarta-feira (7).

Vilas-Boas comentou sobre a reunião realizada na terça-feira, quando era esperado que a agência desse parecer favorável para a importação do imunizante produzido na Rússia.

“A gente via os diretores, alguns constrangidos, outros se contorcendo para poder dar explicações. Se foi autorizado fora do Brasil por essas agências a Anvisa tem que autorizar a importação. E a Anvisa não aceita o que está escrito na lei. Tentou dar um baile ontem nos governadores e acabou gerando um clima constrangedor, dos governadores tendo que ir para o embate. Para todos os governadores, menos para a Anvisa, o mundo está se acabando, as pessoas estão morrendo. Quando terminar esse processo moroso da Anvisa, teremos mais dezenas de milhares de pessoas mortas”, afirmou.

Facebook comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *