Presidente Orlando de Amadeu representa Câmara de Vereadores em reunião com prefeitos da RMS na discussão de medidas de reabertura do comércio local

Presidente Orlando de Amadeu representa Câmara de Vereadores em reunião com prefeitos da RMS na discussão de medidas de reabertura do comércio local

- EmDestaques
Share Button

Presente e atuante nas principais decisões de políticas públicas voltadas ao município e a população de Simões Filho, principalmente, durante o período de pandemia do Coronavírus (Covid-19), o presidente da Câmara, vereador Orlando de Amadeu (PSDB), representou o Legislativo Municipal durante reunião com prefeitos da Região Metropolitana de Salvador (RMS) realizada na tarde de quinta-feira (9), na cidade, que discutiu medidas que poderão ser adotadas para garantir segurança da reabertura do comércio para o reaquecimento da economia local das cidades da RMS.

Além do chefe do Legislativo Municipal, o encontro teve a presença dos prefeitos de Simões Filho, Diógenes Tolentino, de Camaçari, Elinaldo Araújo; de Lauro de Freitas, Moema Gramacho; de São Sebastião do Passé, Breno Konrad Moreira e de Madre de Deus, Jailton Santana, além do vice-prefeito de Simões Filho, Sid Serra, a secretária municipal da Saúde, Iridan Brasileiro, secretários dos demais municípios e dos vereadores Eri Costa (MDB) e Everton Paim (MDB).

Em conversa com o líder maior do Parlamento Municipal, que participou ativamente da tomada de decisões durante o encontro, o objetivo da reunião é avaliar e deliberar a situação do comércio a partir de novas decisões de medidas propostas por cada município que atender o limite de 75% de ocupação dos leitos de UTI e a projeção de novos leitos para conter o avanço da pandemia, o que pode permitir a reabertura segura das atividades comerciais e empresariais a fim de preservar o fomento do comércio local das cidades da RMS, minimizar os prejuízos aos setores econômicos e preservar empregos, mantendo todos os cuidados necessários para conter o risco de contágio, transmissão e proliferação pelo Coronavírus sem causar danos à saúde pública.

“Os prefeitos se reuniram junto com o prefeito Diógenes Tolentino para estabelecer os protocolos relacionados às cidades, em especial, a cidade de Simões Filho. Depois de encerrar esse protocolo do Governo do Estado, cada uma das cidades que participou dessa reunião vai tentar traçar o seu próprio protocolo, de acordo com a realidade de cada cidade, pois percebe-se que tem aumentado o número de contaminação pela Covid-19, mas iremos combater. Ficou definido que cada prefeito deve fazer o seu protocolo e iremos pedir ao governador que nos conceda mais leitos de UTI para que a gente possa ter mais condições de atendimento à população e vamos torcer para que o número de casos venha diminuir”, compartilhou o presidente.

Além do reconhecimento quanto ao trabalho efetivo da Prefeitura de Simões Filho na condução da crise e no combate e enfrentamento ao Coronavírus na cidade, outro ponto de convergência no discurso do presidente do Legislativo, Orlando de Amadeu (PSDB), corroborado pelos demais vereadores presentes Eri Costa (MDB) e Everton Paim (MDB), é quanto à necessidade do Executivo reconhecer a Câmara Municipal como um ente que representa a população da cidade, que pode e quer contribuir, e que tem sugestões a apresentar na discussão de uma possível reabertura de estabelecimentos fechados devido à pandemia de Covid-19, pois, segundo os parlamentares, a intenção é a colaboração.

“A Câmara de Vereadores está sempre presente participando das ações e decisões para o bem do povo da cidade de Simões Filho e continua a disposição da população e os vereadores estão em atividade, cada um, na sua forma de trabalhar, com a preocupação pelo combate ao Covid-19”, garantiu o chefe do Legislativo Municipal, que dedicou mensagem à população para que todos os cuidados sejam ainda mais redobrados, tendo em vista que a prevenção deve ser prioridade.

“Se cuide, vamos lavar as mãos, evitar aglomeração, usar luva e máscara para o combate ao Covid-19”, reforçou.

Na oportunidade, o parlamentar salientou que as diferenças políticas e partidárias devem ser deixadas de lado e enfatizou que a maior preocupação, no momento, é combater o Coronavírus e resguardar a vida e a saúde da população.

“Não estamos fazendo política, fazendo campanha, e sim, a nossa campanha é a campanha do combate ao Covid-19 e vamos continuar fazendo esse trabalho”, defendeu.

Facebook comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *