Simõesfilhenses criticam obra da ‘Academia de Saúde’ do governo do Estado no município

Simõesfilhenses criticam obra da ‘Academia de Saúde’ do governo do Estado no município

- EmDestaques
621
0
Share Button

A ‘Academia de Saúde’ que está sendo construída pelo governo do Estado em Simões Filho, município da Região Metropolitana de Salvador (RMS), se tornou alvo de duras críticas dos moradores, da opinião pública e de políticos que vivem o dia a dia da cidade.

O equipamento público no município é um dos polos do Programa ‘Academia da Saúde’, um projeto de promoção da saúde implantado pela gestão estadual.

No entanto, a população simõesfilhense, não satisfeita com o resultado das obras, esperava mais do que está sendo visto no local onde esbanja uma placa de execução da obra que anuncia um investimento de quase R$ 250 mil em algo que os moradores mostram total descontentamento. [veja no final da matéria alguns equipamentos que, segundo populares, poderiam ser usados na ‘Academia de Saúde’].

A reportagem do Simões Filho em Pauta esteve no local e abordou algumas pessoas para saber delas a respeito da tal “Academia”. Os mesmos comentam que esperavam além do que tem evidenciado por conta do valor investido.

Populares criticam por meio das redes sociais o governador Rui Costa. Os mesmos protestam contra o ‘mau uso do dinheiro público’ na construção do equipamento no município, que alguns consideram como um mero ‘faz de conta’ ou ‘piada de mau gosto’ do gestor petista.

O morador Gilson Sales criticou “o descaso” do governo do Estado pela má estrutura e qualidade dos aparelhos instalados no local. “Infelizmente, o governador continua abandonando Simões Filho, uma cidade que sempre confiou nele e deu muito votos pra ele”, desabafou Gilson.

A moradora, Larissa Santos Silva, foi enfática ao dizer que “aquilo está ridículo, uma vergonha”.

O morador da cidade, Dinho Sena, teme que o espaço se transforme em ponto de encontro dos usuários de drogas. “Realmente, daqui a alguns dias, só vai servir mesmo de fumódromo de sacizeiro”, acha Sena.

Além deles, o vereador Orlando de Amadeu (PSDB) vem direcionando intensas críticas contra o governador petista pela falta de investimento do governo do Estado no município. “Quase 300 mil reais gastos naquela obra tamanho G”, alfinetou Orlando.

A instalação da tal ‘Academia de Saúde’ também foi duramente condenada pelos radialistas Alex Barros e Jairo Mascarenhas através de suas redes sociais e lamentaram a falta de respeito do governador com o povo de Simões Filho, onde o petista obteve um número expressivo de votos que garantiu a sua reeleição.

“O Governador Rui Costa brinca de ser governador da Bahia com a nossa amada Simões Filho. Acorda, Rui Costa! A cidade onde o Senhor teve 79,32%, ou seja, 41.788 votos não merece tanta falta de atenção deste governo“, alfinetou Jairo, que atua há mais tempo na mídia falada do município. “Nunca mais vai achar meu voto”, completou indignado.

Já Alex Barros, também morador da cidade, foi ainda mais incisivo: “Governador Rui Costa, respeite a população simõesfilhense, sua academia do tamanho G não passa de uma piada. Eles estão brincando com a nossa gente. Merecemos mais do que isso”, criticou Alex.

“Obra tamanho M, de Medíocre”, foi assim que classificou David Farias a tal “Academia de Saúde” construída pela gestão estadual. “O Governo do Estado deve está de zoação com o povo de Simões Filho e com os seus contribuintes”, disparou David, que contestou o repasse do custeio para uma obra com poucos equipamentos que, até o momento, não demonstrou sua utilidade. “Sem pagar pelo terreno (que é uma praça pública) afirmam ter gasto R$ 248.542,00 (DUZENTOS E QUARENTA E OITO MIL REAIS) numa obra mixuruca com poucos equipamentos fixos e sem funcionalidade. Isso é o que o povo de Simões Filho merece, Governador Rui Costa? Isso é uma obra tamanho G. Onde foi gasto o dinheiro desta obra?”, questionou David através de suas redes sociais.

Com a mesma insatisfação demonstrada pelos moradores em relação a obra, Farias ainda declarou em sua rede social que pretende entrar com “representação junto ao Ministério Público do Estado (MPE) e junto ao Tribunal de Contas do Estado (TCE) para que haja a devida averiguação desta obra, que precisa entrar em Tomada de Contas Especial, a fim de ser apurado se houve sobrepreço e dano ao erário”.

Também morador do município, Valdo do Guincho criticou a qualidade do material dos equipamentos da Academia que está sendo instalada na cidade. “O material que foi colocado nas barras fixas é um material frágil, tubo ruim, de chapa 18. Foram feitas seis pranchas de abdominais, um cavalete, esse piso com material frágil, parede fraca, três bancos, essa cobertura, esse quartinho com dois banheiros e ainda gastaram 248 mil reais. É uma vergonha para o governo do Estado. Qual foi a empresa que fez essa porcaria aqui, Rui Costa? Isso é uma vergonha para o município de Simões Filho um negocio desse, de 248 mil reais. É uma vergonha ter gasto um dinheiro desse com uma porcaria que foi feita aqui. Com esse dinheiro, poderia fazer 10 negócios desse aqui e ainda sobrava dinheiro. É uma vergonha para o município de Simões Filho um negocio desse, viu, 248 mil reais em uma cobertura, dois quartinhos e um banheiro e uma praça toda ruim. Isso é um absurdo para a Bahia e para o município de Simões Filho. Uma vergonha, uma vergonha para a empresa que fez isso aqui através do governo do Estado do meu amigo Rui Costa”, desabafa Valdo em vídeo compartilhado através de sua rede social.

A construção da Academia da Saúde está orçada em quase R$ 250 mil com recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). De acordo com a placa fixada em frente ao equipamento, o serviço está previsto para ser concluído em quatro meses.

Veja algumas fotos da Academia de Saúde instalada no município:

Veja alguns equipamentos que, segundo à população, poderiam ser instalados:

Aparelho de Academias para praças públicas:

Simulador de caminhada

O aparelho é muito fácil de ser utilizado: basta colocar os pés no suporte e fazer um pouco de força para frente e para trás para realizar movimentos semelhantes ao de uma caminhada.

simulador de caminhada

O Simulador de Caminhada ajuda a melhorar a coordenação motora e a mobilidade dos membros inferiores, sendo um dos mais requisitados para as academias ao ar livre instaladas em praças.

Simulador de cavalgada

Esse simulador é capaz de movimentar e fortalecer toda a parte superior do corpo, dependendo da região em que o praticante coloca mais força: se for no braço, costas e bíceps serão acionados e, se for nas pernas, o quadríceps é que será ativado. Por ser tão versátil, ele marca presença nos espaços públicos.

simulador de cavalgada

A forma correta de usar o simulador de cavalgada é puxando o apoio com as mãos até chegar perto do peito, ao mesmo tempo se empurra o suporte inferior com os pés.

Esqui

Exercício fácil e prazeroso, este é um dos aparelhos de academia para praças públicas mais procurados! Esqui é uma boa pedida para os idosos e até mesmo as crianças adoram essa prática. Ele ativa pernas, quadril, braços e ombros, auxiliando a função cardiorrespiratória e o equilíbrio.

aparelho academia ar livre esqui

Para a utilização correta, é preciso encaixar os pés no suporte e deslizar as pernas para frente e para trás, enquanto os braços seguram as hastes e acompanham o movimento, por pelo menos dez minutos.

Surf

Essencial para flexibilizar as pernas, o quadril e a região lombar, treinar no aparelho de surf pode amenizar as dores nas costas. O movimento horizontal também define e afina a cintura, tornando esse aparelho muito procurado pelas mulheres que treinam nas praças.

academia ao ar livre surf

Se uso é simples: basta subir com os dois pés na plataforma, segurar firme nas barras laterais e começar a se balançar de um lado para o outro.

Remada sentada

Fechando nossa lista de aparelhos de academia para praças públicas está a remada sentada. Ao imitar o movimento que os praticantes do esporte remo fazem, os praticantes fortalecem toda a cintura escapular (região composta por ombros, parte superior das costas e atrás do pescoço).

remada sentada

O aparelho promove grande ajuda para quem sofre com bursite ou tendinite, mas precisa ser feito com os cotovelos na altura dos ombros para evitar lesões.

Facebook comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *