Filhote de porco nasce com características bizarras e assusta moradores no interior de Vereda

Filhote de porco nasce com características bizarras e assusta moradores no interior de Vereda

- EmMundo
4617
0

O caso aconteceu no distrito de Cruzeiro do Sul (conhecido como Bode Azul), município de Vereda.

Na manhã deste domingo (22), populares ficaram assustados com o nascimento de um filhote de porco com características assustadoras. O caso aconteceu no distrito de Cruzeiro do Sul (conhecido como Bode Azul),  município de Vereda.

A nossa reportagem conversou com Nilza Santos (29), sobrinha do dono do animal, Joaquim Santos. Ela conta que a porca teve três filhotes, sendo que apenas um apresentou traços estranhos, já nascendo morto. A reação de quem viu foi de espanto e medo, e logo tiveram a decisão de congelar o bicho. Ela ainda relata que não recorda de fatos dessa natureza na região, que é formada por muitas fazendas e criações de suínos.

As fotos da criatura se espalharam  rapidamente pelas redes sociais despertando a curiosidade. Os internautas comparam as características bizarras do animal com tromba de elefante, olhos de morcego e patas de rinoceronte.

Medeiros Dia Dia está acompanhando o ocorrido e tem apurado junto a especialistas e casos parecidos. A princípio, o que acontece é um caso de anomalia congênita. Durante o período embrionário em que são formados os órgãos, vários fatores podem provocar alterações em qualquer órgão ou região do corpo. Dentre os fatores ambientais, o mais provável, encontram-se os nutricionais, o uso de medicamentos, ingestão de plantas tóxicas pela mãe e doenças infecciosas, que são importantes nos suínos.

Recentemente, outros casos estranhos com animais chocaram os habitantes da região extremo sul. Como exemplo, em 2016, um porco nasceu com traços de feições humanas no município de Prado. Já no ano passado, o Medeiros Dia Dia acompanhou o caso de uma bezerra de um mês de vida que dava leite no interior de Teixeira de Freitas.

Por: Elizeu Portugal / Medeiros Dia Dia

Fotos enviadas pela internauta: Naiara Santos

Share Button

Facebook comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *