Comoção marca enterro de garota estuprada em Camaçari; vizinho suspeito segue foragido

Comoção marca enterro de garota estuprada em Camaçari; vizinho suspeito segue foragido

O corpo da garota de dez anos morta após estupro em Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), foi enterrado em clima de comoção. Parentes, amigos e até desconhecidos compareceram ao enterro realizado na tarde desta sexta-feira (18). Milena Alves foi encontrada morta na quinta-feira (17) na casa onde morava com a mãe e um irmão, de quatro anos. Segundo o Correio, um adolescente, de 17 anos, que está foragido e mora perto da casa da família, é apontado como suspeito.

A mãe da garota, Ana Conceição Alves, pediu que os presentes orassem pela filha. Ele vê o fato como um “pesadelo”. À reportagem, a delegada Maria Tereza, titular da Delegacia de Homicídios de Camaçari, preferiu não dar mais detalhes sobre o suspeito foragido como forma de preservar a investigação.

Um inquérito já foi instaurado para apurar o crime.

Share Button

Facebook comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *