Casal de “pastores” homossexuais registram união estável no Rio

Casal de “pastores” homossexuais registram união estável no Rio

- EmBrasil
72
0

Os dois oficializaram a união no cartório do 7º Ofício de Notas, no Centro do Rio. A assinatura do documento foi acompanhada por alguns fiéis da igreja. O casal tem três filhos adotados, dois adolescentes meninos e uma criança menina e eles têm o sobrenome e uma certidão de nascimento com dois pais.

Os se autointitulados pastores evangélicos Marcos Gladstone e Fábio Inácio, fundadores da Igreja Cristã Contemporânea, uma igreja que aceita relacionam entos homossexuais, foram o primeiro casal homossexual no Rio a registrar a união estável em cartório, após a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF).

Os dois oficializaram a união no cartório do 7º Ofício de Notas, no Centro do Rio. A assinatura do documento foi acompanhada por alguns fiéis da igreja.

“Hoje eu me sinto orgulhoso de ser brasileiro e de saber que o meu afeto e o meu amor são reconhecidos pelas nossas leis” afirmou Marcos.

Os pastores estão juntos há doze anos. Em 2009, eles realizaram uma cerimônia religiosa de casamento.

E depois dessa conquista com a decisão do STF, Fábio continuou lutando pelos direitos dos homossexuais e conseguiu em 2013 se casar legalmente.

O casal tem três filhos adotados, dois adolescentes meninos e uma criança menina e eles têm o sobrenome e uma certidão de nascimento com dois pais.

Na igreja que são fundadores eles montaram um grupo de apoio a adoção que ajuda a entender o processo inteiro.

Marcos diz que Jesus e a Bíblia é seu modelo de comportamento e acreditando no sonho do casamento e de construir uma família se casou dizendo ele com a amor da sua vida que também é um homem de Deus.

Ele diz estar certo de que a Bíblia não condena os gays. Sendo o primeiro pastor brasileiro a ter uma cerimônia religiosa de casamento com outro homem, dos 30 pares de padrinhos que convidaram, 29 eram homossexuais.

Todas as 11 crianças que entraram na frente deles foram criadas por dois pais ou duas mães e quando entraram, tocou uma música evangélica que diz: “Nenhuma condenação há para aquele que está em Jesus”.

A lua de mel dos pastores gays foi na Costa do Sauípe e nessa hora Marcos lembrou como foi longo e difícil o caminho que precisou percorrer até se tornar pastor e casar com o Fábio.

A congregação dos pastores que está localizada em São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte, ainda ensina que a vida sexual deve começar no namoro, desde que se esteja comprometido.

Marcos diz que Jesus e a Bíblia é seu modelo de comportamento e acreditando no sonho do casamento e de construir uma família se casou dizendo ele com a amor da sua vida que também é um homem de Deus.

A lua de mel dos pastores gays foi na Costa do Sauípe e nessa hora Marcos lembrou como foi longo e difícil o caminho que precisou percorrer até se tornar pastor e casar com o Fábio.

Por topbuzz.com

Visualizações:
2535

Facebook comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *