Pagina Inicial
Elimário Lima solicita e Plenário aprova construção de Base Comunitária da PM para Mapele e Ilha de São João – Simões Filho Em Pauta

Elimário Lima solicita e Plenário aprova construção de Base Comunitária da PM para Mapele e Ilha de São João



O Plenário da Câmara de Vereadores de Simões Filho, aprovou em sessão ordinária na noite desta terça-feira (06), a indicação de nº 123/2017, de autoria do vereador Elimário Lima (PSDB), que solicita ao Poder Executivo a construção de uma Base Comunitária da Polícia Militar nos distritos de Mapele e Ilha de São João. Ainda de acordo com a matéria legislativa, o reforço que visa ampliar a segurança nas localidades adjacentes e que ficam mais afastadas do centro da cidade, deverá contar com o apoio da Guarda Municipal (GM).

No tocante à solicitação, o tucano destacou estar respaldado pela Constituição que sinaliza que a Segurança Pública é dever do Estado juntamente com a Prefeitura que deverá concentrar esforços para sensibilizar o Governo a implantar o importante equipamento de policiamento policial.

A linha justificativa proposta por Elimário Lima – 2º Secretário da Mesa Diretora, mais uma vez contou com a apreciação positiva dos demais vereadores, principalmente porque a indicação busca em seu objetivo profícuo, a contribuir na promoção da segurança, a convivência pacífica entre as forças da Segurança Pública e comunidade, além do resultado final que será a redução dos índices de violência e criminalidade.

“O índice de violência tem assustado as comunidades e diante da real  necessidade a Base Comunitária da Polícia Militar irá conceder mais tranquilidade aos moradores”, argumentou o vereador. Ele acrescenta ainda que “em todos os lugares a violência e a criminalidade cresce em proporção incontrolável e preocupado com o tema, um dos que mais aflige a sociedade, o seu papel como membro do Parlamento é solicitar e cobrar do Governo o equipamento em benefício das comunidades.”

A sugestão é que a Base Comunitária em Mapele seja implantada na região da Pensão, próximo à Escola Municipal Castelo Branco. O equipamento visa coibir e combater vulnerabilidades relacionadas à questão geográfica pela facilidade do acesso para fuga de criminosos e oferecer mais segurança e tranquilidade à população, reduzindo os registros de assaltos e roubos. Nos últimos dias, o distrito registrou duas tentativas de estupro que assustou a sociedade simõesfilhense.

A indicação recebeu todo apoio dos parlamentares que tiveram também expressivo apoio popular naquele reduto político. Para o Presidente da Comissão Permanente de Segurança, vereador Laecio Valentim (PSB), o “Governo tem a obrigação de fazer o equipamento, principalmente, pela região fazer fronteira com bairros do subúrbio ferroviário da capital baiana e a facilidade de criminosos migrarem para os distritos ampliando ainda mais a violência”.

Lima também recebeu adesão positiva do vereador Manoel Carteiro (PSB), que pediu a subscrição da matéria. “A região ultimamente tem sido atingida por grandes números de assaltos e nós precisamos sim, levar mais segurança para estes bairros mais distantes do centro da cidade”, emendou.

As Bases Comunitárias são pontos de gerenciamento da operacionalidade policial com o objetivo de conferir segurança às comunidades, focando na prevenção e são compostas por: Recepção, Comando da Base/Sala de Reunião,  Central de Telecomunicações e Centro de Cidadania.

Pela complexidade que envolve a Segurança Pública, o equipamento após implantado; deverá promover ações e palestras educacionais e legitimar a melhoria da qualidade de vida da comunidade local.

Após aprovação no Plenário, a indicação será encaminhada para as secretarias envolvidas com o tema e para a Secretaria de Segurança Pública do Estado da Bahia para que medidas cabíveis possam ser adotadas.

 

 

Redação: Rede Imprensa | Marcos Castelli

Visualizações:
360
Outras Notícias:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *