Pagina Inicial
Vitória sai atrás, mas empata com o Atlético (PR) na Arena da Baixada – Simões Filho Em Pauta

Vitória sai atrás, mas empata com o Atlético (PR) na Arena da Baixada



Mais uma vez na Série A, o Vitória saiu atrás do placar em uma partida. Contra o Atlético (PR), o Rubro-negro levou gol no primeiro tempo, voltou melhor para o segundo, empatou, mas não conseguiu virar e ficou no 1 a 1 na Arena da Baixada.
Pablo marcou para o Furacão em uma falha de Diego Renan, que recuou uma bola errada para Caíque e deu de graça ao adversário. Porém, o lateral se redimiu e garantiu o empate de pênalti.
Com o resultado, o Leão somou um ponto, foi aos 19 e se manteve na 12ª colocação, a quatro pontos da zona de rebaixamento. Os comandados de Vagner Mancini voltam a campo na próxima quarta-feira (20), pela Copa do Brasil, contra o Cruzeiro. Pela Série A, o time baiano só volta a campo no domingo (24), diante do Santos, no Barradão.
O JOGO
O Vitória começou o primeiro tempo com uma marcação forte, mas com pouca criatividade no ataque.  O único bom lance foi aos 23 minutos.
Após troca de passes com Kieza, Dagoberto furou na área e a bola sobrou para Marinho. O atacante tentou colocar e acertou a rede por cima do gol.
Um minuto depois, o Atlético assustou, Pablo deixou André Lima livre, mas o atacante pegou mal e chutou fácil para a defesa de Caíque.
Aos 36 minutos, o Rubro-Negro quase se complicou. Ramon fez um recuo mal feito para Caíque, que precisou se embaraçar nas redes para fazer o corte com o é esquerdo e evitar o gol contra.
Mas, parecia apenas um ensaio para gol a ser tomado, aos 44 minutos. Após lançamento na área, Diego Renan tentou recuar de cabeça para Caíque e deu de graça para Pablo, que aplicou um lençol no goleiro e mandou para as redes de cabeça.
No intervalo, Vagner Mancini fez uma mudança e promoveu uma estreia no Leão. Serginho entrou no lugar de Nickson.
Mas, quem quase marcou foi o Furacão, aos 17 minutos. André Lima lançou Pablo livre na área, mas o meia tentou encobrir Caíque e desperdiçou o que seria o segundo.
Já aos 21 minutos, foi a vez de Vander entrar em campo. O atacante foi o escolhido para substituir Dagoberto.
Mas, aos 24, Kieza recebeu bom lançamento, invadiu a área, driblou Weverton e foi derrubado. O árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Diego Renan deslocou o goleiro para empatar.
Aos 32, o Vitória quase virou. Serginho recebeu passe na área, chutou forte, mas acertou o travessão.
Melhor na partida, o Rubro-negro baiano dominou os minutos finais, mas não conseguiu chegar ao gol da virada.
Atlético-PR 1 x 1 Vitória
Brasileirão Série A – 15ª rodada
Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data/Horário: 17/07/2016, às 16h
Arbitragem: Wagner do Nascimento Magalhães, assistido por Rodrigo Henrique Correa e Luiz Claudio Regazone
Cartões amarelos: Hernani, Léo, Weverton, Kieza (ATP); Victor Ramos, Marinho (VIT)
Gols: Pablo (ATP); Diego Renan (VIT)
Atlético-PR
Weverton, Léo, Paulo André, Thiago Heleno e Sidcley; Otávio, Hernani e Pablo (Giovanny); Nikão (Yago), Walter (Marcos Guilherme) e André Lima. Técnico: Paulo Autuori.
Vitória
Caíque, Diego Renan, Ramon, Victor Ramos e Euller; Marcelo (Tiago Real), Willian Farias e Nickson (Serginho); Marinho, Dagoberto (Vander) e Kieza. Técnico: Vagner Mancini.
Visualizações:
211
Outras Notícias:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *